sábado, 5 de julho de 2008

PASTEIS CELESTIAIS

A doçaria conventual portuguesa é de uma riqueza inesgotável. Os conventos, principalmente os conventos de freiras, foram sempre lugares de criação no que diz respeito a iguarias. Muitas das receitas foram-se perdendo com o tempo mas muitas outras perduram, porque deixaram de ser segredos bem guardados, tornando-se património do povo e da cultura portuguesa. Temos pois o supremo privilégio de ainda hoje poder apreciar os pasteis de Santa Clara, as roscas doces, os beijos de freira, os celestes de Santarém, as raivas, os suspiros, os bolos secos do Convento de Almoster, as lérias, os bolos de São Gonçalo de Amarante e um sem número de outras fabulosas amostras desta tradição tão antiga. Neste blog também não vou esquecer as receitas conventuais e por isso trago hoje uma que acho particularmente deliciosa e que encontrei num pequeno livro de Doçaria Conventual.

Ingredientes:

150 gr de batata em puré

6 gemas e 1 clara

350 gr de açúcar

150 gr de miolo de amêndoa ralada

1,5 dl de água

1 colher de café de canela

1 casca de limão

4 colheres de amido de milho (farinha maizena)

  • Preparação:

Num tachinho mistura-se o açúcar com a casca de limão e a água e deixa-se ferver cerca de 5 minutos. Depois mistura-se o puré de batata e a amêndoa, ferve mais 2 minutos e retira-se do lume deixando arrefecer um pouco. Numa tigela batem-se as gemas e 1 clara com a farinha maizena e a canela. Então adiciona-se ao preparado anterior já arrefecido, retira-se a casca de limão e deita-se em forminhas previamente untadas com manteiga e polvilhadas com farinha.Vai ao forno aquecido a 180 graus durante 30 minutos ou até verificar que estão firmes e alourados.

4 comentários:

ameixa seca disse...

Adoro doces conventuais ;) Adoro de paixão e lambuzo-me toda nas feiras de doçaria conventual. São um grande património que temos. Estou para comprar um livro de doces conventuais há muitos anos... ainda não o fiz pelas quantiadades exorbitantes de ovos, açucar, amendoas, nozes e etc. E lá se ia a linha...
Bom fim de semana

Nela disse...

Olá Amélia, também adoro os doces conventuais,tenho óptimas receitas,dos ditos cujos,são sempre bons,e um dia não são dias Perdoamos o bem que sabem pelo mal que nos faz.São tão bons! boa semana.

Manuela disse...

Nunca tinha visto pasteis com puré de batata. Ficaram lindos :)

Mrs. Singh disse...

Adorei estes pasteis.
Ficaram lindos!