domingo, 18 de março de 2012

Bolo Finto Alentejano

Após alguns meses de interregno as receitas Doces Temperos estão de volta…Neste período de ausência foram-se acumulando novos sabores e saberes, curiosidades, recolha de muitas receitas, algumas já  caídas no esquecimento. Enfim, muitas experiências que terei o enorme gosto de voltar a partilhar.

Para começar mais uma receita Alentejana, o bolo Finto, que tem origem na palavra fintar que significa levedar, dado que é um bolo que necessita de levedar muitas horas.

Habitualmente confeccionado na altura da Páscoa  para  presentear os familiares e amigos, também se costumava oferecer nos casamentos aos convidados como agradecimento pela sua presença.

Apresenta um formato redondo, no entanto  há quem lhe dê outras formas curiosas  como lagartos ou ferraduras.

DSC06214

Ingredientes:
12 ovos
750 g de açúcar ,  2,5 kg de farinha
70 g de fermento de padeiro
2,5 dl de leite
2 dl de azeite
1 cálice de aguardente
1 colher de chá de canela 
1/2 colher de sobremesa de erva-doce
Raspa de um limão,sal, ovo

DSC06215

Preparação:

  • Batem-se os ovos com o açúcar.
  • Adiciona-se o fermento previamente diluído num pouco de água quente, o leite, o azeite, a aguardente, sal, canela e erva-doce.
  • Num tacho grande aquece-se esta mistura em lume brando. Retira-se do lume e adiciona-se a farinha aos poucos.
  • Amassa-se bem até a massa formar bolhas. Abafa-se com um pano  e deixa-se levedar (fintar) cerca de 6 horas.
    Tendem-se os bolos, redondos ou com outros formatos.
  • Era hábito colocarem-se  num tabuleiro sobre um pano tipo lençol de linho que formava pregas  a dividi-los para não se pegarem.
  • No entanto e se não quiserem ter tanto trabalho podem colocá-los  sobre papel vegetal mas separados cerca de três dedos uns dos outros.
    Mantêm-se assim mais 3 a 4  horas até crescerem. Depois faz-se um golpe em cruz,  pincelam-se com ovo,  e cozem-se em forno moderadamente aquecido cerca de 1 hora.
  • Esta receita dá para 5 bolos médios.

7 comentários:

são33 disse...

A PRINCIPIO PARECIA-ME UM PÃO.
FICOU UM BOLO LINDO.
BEIJO

Nárwen disse...

Que delícia! Beijinhos! :)

mariana/receitas para a felicidade disse...

Adoro bolo finto mesmo quando mais duro sabe optimamente torradinho com manteiga, obrigada pal partilha


beijinhos!!

maxi disse...

lindo verdadeiro bolo finto de Portalegre, obg

rute ponte disse...

ola, eu tbm tenho esse livro de cozinha para km nao tem tempo, e fiz umas bolachinhas de coco e tambem fikaram adoraveis

Joo disse...

Vejam este artigo: http://www.maniasdabeleza.com/alimentacao/ovos-pascoa-light.html

Leonor disse...

O meu marido, que é do Fundão, sempre falou neste bolo, que a mãe dele fazia, mas nunca o provei. O homem cada vez fala mais nele, vou fazê-lo este ano. Também sou alentejana, mas do Baixo (Grândola), trabalho com pastelaria conventual e regional, o Algarve tem muita tradição de folares. Este ano vou colocar em clientes alguns bolos fintos, vamos a ver como se saem, ou como se saem os clientes com eles. Como tenho muita experiência em pastelaria, a receita parece-me fácil, o seu "mas" está na fermentação (fintar), mas não é só este bolo, os folares tradicionais de Olhão também têm muito tempo de fermentação.