sexta-feira, 9 de abril de 2010

As minhas primeiras experiências com pasta de açúcar

“Olho o azul do mar que não alcanço,

Saboreio  sem paladar o sal da vida,

E grito ao horizonte por um pedaço de açúcar,

Para que essa vida não ande à deriva.”

A. T.

DSC08093

DSC08085

A vida tem que ser doce, por mais momentos amargos que ela nos traga. E nada mais doce e alegre que a pasta de açúcar. Por isso hoje apeteceu-me partilhar não uma receita, mas  tão somente algumas imagens dos meus primeiros bolos onde apliquei esta técnica tão curiosa e que nos permite dar asas à imaginação e realizar os nossos sonhos em forma de bolo já que por vezes não nos é permitido concretizá-los de outro modo.

DSC09737 Bolo dos 40 anos da minha amiga Célia

DSC00205 Bolo do 7º aniversário da minha afilhada Carolina

DSC00216

9 comentários:

moranguita disse...

que bonitos
estas a ficar uam mestre
beijocas

Ana Powell disse...

Está um primor.
Feliz fim de semana x

Fatima disse...

Muito bonitos
Bom fim de semana
Beijinhos

Babette disse...

Que lindos!
eu ainda não me atrevi...
beijos
babette

Renata Boechat disse...

Lindissimos!

Parabéns, você é uma artista!

Piteca disse...

Amiga, qualquer um deles ficou lindíssimo! Parabéns, tens muito geito!
Beijiocas doces!

manjericota disse...

Acho uma perfeição bolos com essa pasta. Lindos!

Bjo gde, Dani :)

sabor e saberes disse...

Mas que bonitos. Estas mesmo um pró.
Bjs

Margarida disse...

Muitos bonitos !